domingo, 3 de janeiro de 2016

Produtores rurais se revoltam contra área de proteção ambiental no Estados Unidos

Um grupo de produtores rurais armados invadiu neste sábado (2) a sede de uma área de proteção ambiental na cidade de Burns, Estado do Oregon, nos Estados Unidos. Os fazendeiros protestavam pacificamente contra o decreto de prisão de dois pecuaristas acusados de atear fogo em parte do Malheur National Wildlife Refuge, uma reserva ambiental que fica ao lado da propriedade dos acusados. Após o protesto, os produtores rurais decidiram ocupar a sede da reserva ambiental. O prédio e a reserva ambiental são de responsabilidade do governo federal e estava vazio no momento da ocupação por conta do feriado de fim de ano.

Dwight Hammond, um pecuarista tradicional de 73 anos, e seu filho Steven Hammond, de 46 anos, foram condenados a três meses e um ano de prisão, respectivamente, por iniciar um incêndio que queimou 52 hectares da reserva ambiental em 2001. Um juiz local determinou que as penas eram muito curtas em relação ao estipulado pela lei federal e ordenou que fossem estendidas para quatro anos cada uma. O decreto de prisão dos produtores rurais gerou controvérsia entre grupos que veem o governo americano como muito invasivo.

Família Hammond
Os pecuaristas alegam que o fogo é usado tradicionalmente para reduzir o crescimento de plantas daninhas e proteger suas propriedades de incêndios florestais vindos dos parque nacional. Dwight disse que ele e seu filho planejam se entregar pacificamente para o cumprimento das penas nesta segunda-feira (4), como ordenado pelo juiz.

Ammon Bundy, um dos produtores rurais que apoiam o movimento, disse ao jornal local "The Oregonian" que ele e dois se seus irmãos estão entre as pessoas ocupando a sede da reserva ambiental. Ele publicou um vídeo no Facebook criticando o julgamento dos pecuaristas e convocando outros produtores rurais a se unir ao protesto armado. "Todos os patriotas, é hora de se levantar e não ficar parado. Nós precisamos de sua ajuda. Venha preparado", dizia a descrição do vídeo em seu perfil.



Here it is. Please know these men will speak to people civilly. Do not go up there guns blazing. Stay safe and smart. Please go to this link and sign. The enjustice that is being done to this family is the real issue. Please sign! https://petitions.whitehouse.gov/petition/commute-sentences-dwight-lincoln-hammond-jr-and-steven-dwight-hammond-both-harney-county-oregon
Posted by Sarah Dee Spurlock on Sábado, 2 de janeiro de 2016

Em entrevista a jornalistas na noite de sábado, ele afirmou que as pessoas já sofreram abuso demais e que a condenação dos Hammonds é punição por se recusarem a deixar suas terras para a área de reserva ambiental. "Eu sinto que estamos em uma situação na qual, se não fizermos algo, se não nos defendermos, estaremos em uma posição na qual não poderemos mais fazê-lo", disse Bundy, acrescentando que o grupo pretende permanecer no prédio por tempo indeterminado.

Em entrevista à CNN neste domingo, Bundy disse que a invasão visa a forçar o governo federal a restaurar "os direitos constitucionais das pessoas". "Esta reserva tem sido destrutiva para as pessoas do condado e para as pessoas da área", disse Bundy à CNN, acrescentando que o espaço destinado ao parque tomou espaço de cem ranchos desde o século 19. "Eles continuam expandindo o refúgio a custa dos rancheiros e dos mineiros. Vamos liberar essas terras, traremos os pecuaristas de volta para a pecuária, os mineiros de volta à mineração, os madeireiros de volta à exploração madeireira, onde eles poderão fazer tudo isso sob a proteção do povo, diz Bundy"

Para Bundy a prisão dos Hammond é apenas um pequeno exemplo de um grande problema que ocorre por todos os Estados Unidos. Segundo ele, a Agência Ambiental americana (EPA), equivalente ao nosso ICMBio, está tomando propriedades do povo americano e levando regiões do país a depressão econômica.


Standing for the rights of men & women
BREAKING! SHARE! Standing for the rights of Men & Women. Calling all freedom loving people to come to Harney County Oregon, come to the Malhuer Wildlife Refuge. The people are finally getting some good use out of a federal facility.
Posted by Bundy Ranch on Sábado, 2 de janeiro de 2016

Dave Ward, xerife do Condado de Harney, onde fica Burns, pediu que os moradores permaneçam longe do prédio enquanto as autoridades tentam resolver o impasse. "Um esforço coletivo de múltiplas agências está sob andamento. Por favor, mantenham uma frente pacífica e unida e nos permitam resolver a situação", disse o xerife, em comunicado. O FBI informou ter conhecimento da ação em Burns sem dar maioroes detalhes.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...